Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Presente para as mães chegará a R$ 140,70, revela Pesquisa de Intenção de Compras da Metodista

por Maria Luisa Marcoccia Última modificação 2021-05-03T20:09:44+00:00

 

O preço médio que consumidores do ABC paulista pretendem pagar por presente neste Dia das Mães de 2021 é de R$ 140,70. Comparado aos R$ 109,50 projetados no ano passado, houve aumento real de 21% quando descontada a inflação acumulada de 6,09% nos últimos 12 meses (até março).

Pesquisa de Intenção de Compras (PIC) realizada pela Universidade Metodista de São Paulo nas sete cidades da região mostra que a data terá também movimentação econômica maior, estimada em R$ 118,5 milhões, ou aumento real de 20% em relação a 2020. Esse maior giro de compras é atribuído tanto ao apelo da data, que só perde para o Natal entre os brasileiros, como pela melhor adaptação dos consumidores e comerciantes às plataformas digitais de vendas neste mais de um ano de pandemia de covid-19. Pelo menos 63,1% dos 598 entrevistados disseram que pretendem fazer compras pela internet/redes sociais.

Além da elevação do preço médio, o aumento no número médio de pessoas a serem presenteadas, de 1,3 para 1,6 (20% a mais), ajuda a explicar a elevação do gasto médio e do giro econômico projetado. Os consumidores da região pretendem gastar R$ 247 com vários presentes, um aumento real de aproximadamente 55% sobre 2020.

Classe média

Segundo o coordenador de pesquisas do Observatório Econômico da Metodista, prof. Sandro Maskio, outro fator que elevou a expectativa de um Dia das Mães melhor é a maior disposição de gastos da classe média. Comparativamente a 2020, entrevistados com renda familiar entre 3 e 10 salários mínimos, cerca de 50% do total, revelaram disposição de desembolso médio de R$ 303, ou 68% maior que o gasto médio revelado pela mesma faixa de renda no ano anterior.

Vestuários-calçados (34,7%) e perfume-cosméticos (20,8%) serão os presentes mais requisitados. Mães (58,8%) e avós e sogras (11%) formam o maior público a ser presenteado.

Veja a íntegra da pesquisa.

Reportar Erros