Feliz Dia dos/as Professores/as

"Jesus está conosco sempre, assim nos prometeu. Coragem, pois irmãos e irmãs avante, eis que ele já venceu" (adaptado)

O momento histórico que se impõe tem sido marcado por situações de crises generalizadas, como, por exemplo: na saúde, educação, economia, política e religião. O tempo atual é de crise, por conseguinte, de oportunidades para rever valores e conceitos e aprender a reinventar o estilo do ensino aprendizagem.

Diante dessa dimensão, lembramos do/a professor/a com sua personalidade de referência para seus educandos. Homens e mulheres que estão na sala de aula, no "home office", por trás das câmeras, das luzes, da imagem e do som, protagonistas da “nova didática”, superando dificuldades, encarando os desafios com sensatez, buscando o melhor para seus alunos/as.

Se lembrarmos o que diz a Bíblia, por meio do profeta Habacuque, em tempos de crises, "Ainda que a figueira não floresce, nem há fruto na vide; o produto da oliveira mente, e os campos não produzam alimentos; as ovelhas foram arrebatadas do aprisco e nos currais não há gado, todavia eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação" (Habacuque 3.17-19), é de bom alvitre reconhecer a figura do/a professor/a como alguém de fé, força e coragem. Alguém sempre disposto ao enfrentamento das crises com visão esperançosa.

Pode-se dizer que, ao longo da história, esses/as "profissionais do saber" se reinventaram como verdadeiros/as construtores/as dos "elos de esperança", os quais formaram um círculo vital e virtuoso. Um encontro do ensino e do aprendizado, que organiza o presente e prepara o futuro de seus discentes. Entretanto, ainda que haja tantas agruras…, muitos desafios…, várias dificuldades…., Deus está presente como fonte de alento e esperança, de alegria e justiça, como o Ser Supremo que vai adiante de vocês. Sendo assim, nunca desistam; pelo contrário, sejam firmes e inabaláveis no campo da construção reflexiva. Pautem sempre pela ética, pela dignidade e pelo caráter ilibado, tendo Jesus Cristo como referência. Um Jesus histórico que sendo o próprio Cristo foi o construtor e o educador da vida plena, por excelência.

Portanto, acima de tudo, tenham o magistério como vocação sagrada, como berço de todo o processo educacional da humanidade, pois é aí que se iniciam as construções com vistas às transformações do mundo em que se vive!

Todo dia é seu dia!

Parabéns professora e professor!

Rev. Antonio Augusto de Souza
Coordenador da Pastoral Escolar e Universitária
Instituto Metodista Izabela Hendrix


Educação Metodista

Reportar Erros

X