Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Metodista vence o Prêmio Objetivos de Desenvolvimento Sustentável-ONU

A Universidade Metodista de São Paulo venceu o 1º Prêmio ODS da Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) que reconhece ações alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. A Metodista concorreu na categoria Academia - grupo Planeta com o “Projeto de Hortas Comunitárias”, que tem à frente o Centro de Sustentabilidade e o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária por meio do Programa de Extensão e Ações Comunitárias.

image.jpg

Foram mais de 800 inscritos no Brasil, dos quais 36 selecionados como finalistas em três categorias: empresas (pequenas e grandes), instituições de ensino (academia) e jovens profissionais (Pioneers Brazil). Foram 13 vencedores no âmbito geral. O evento teve apoio de empresas como Natura, Ambev, MRV e Klabin. Os candidatos foram auditados pela PcW.

Segundo a coordenadora do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, professora Márcia Sartori, o grupo Academia destacou escolas integrantes dos Princípios para Educação Executiva Responsável (PRME-ONU), dos quais a Metodista é signatária desde 2015. O “Projeto Hortas Comunitárias” é desenvolvido por alunos e professores dentro do Projeto Rondon-SP para promover inclusão em regiões mais carentes e educação ambiental. Este ano tornou-se ação de governo na cidade de Diadema, no ABC.

A coordenadora do projeto, professora Tassiane Boreli Pinato, atribuiu o prêmio ao reconhecimento do trabalho em equipe que pauta as ações na Universidade Metodista de São Paulo: "A Umesp apoia o desenvolvimento de projetos para uma nova formação social, que diminui zonas de vulnerabilidade e que fortalece políticas ambientais futuras", destacou. A universidade foi representada no evento, ocorrido na Casa Natura em São Paulo, pelo diretor do campus Vergueiro e coordenador de cursos de Engenharia, professor Carlos Santi, além da professora Márcia Sartori.

Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parcerias são os 5P’s que resumem a Agenda 2030 e os 17 ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), um plano de ação universal comum para o desenvolvimento de todos os países nos próximos 15 anos. A adoção da Agenda 2030 e dos ODS sinaliza a compreensão por todos de que a humanidade pode e deve fazer escolhas por trajetórias tecnológicas, sociais e econômicas respeitando o meio ambiente.A Universidade Metodista de São Paulo venceu o 1º Prêmio ODS da Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) que reconhece ações alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. A Metodista concorreu na categoria Academia - grupo Planeta com o “Projeto de Hortas Comunitárias”, que tem à frente o Centro de Sustentabilidade e o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária por meio do Programa de Extensão e Ações Comunitárias.

Reportar Erros

X