Autor de "O Exportador" realiza palestra sobre comércio exterior

O executivo abordou diversos aspectos que envolvem o sucesso na área

LCGH3915.jpgNicola Minervini é um dos principais autores de livros na área de Comércio Exterior. Natural da Itália, ele é executivo de internacionalização em empresas italianas e brasileiras, além de consultor em instituições oficiais.

O profissional já morou no Brasil, mas hoje vive na Itália e é diretor da Minervini Consulting. Atualmente se dedica ao treinamento, consultoria e livros na área; seu maior sucessor é a obra “O Exportador”, lançado em 1991 e que, ao longo desses 28 anos e seis edições, formou muitos executivos e professores de Comércio Exterior. A obra está em sua 7ª edição e com mais de 20 mil exemplares vendidos.

Nicola veio à Universidade Metodista de São Paulo para fazer o lançamento e palestrar para os estudantes do curso de Administração – Comércio Exterior. Cerca de 150 pessoas participaram do encontro, que aconteceu no dia 04 de novembro, no auditório do Edifício Sigma, no campus Rudge Ramos.

Entre os principais assuntos abordados pelo palestrante, estão: a preparação da exportação com o método P.I.ME: promoção, informação, mercado e empresa; a avaliação da qualidade da gestão das exportações com o método Export Check-Up e a implementação das redes com método SIPE (Sistema Integrado de Promoção da Exportação).

“O Exportador – construindo o seu projeto de internacionalização” é o título da palestra de Nicola. O executivo ao longo de sua fala realizou um panorama de como uma empresa pode se internacionalizar e apresentou exemplos do que "não fazer e como fazer" nesse mercado tão competitivo. O palestrante falou basicamente de métodos, planos e erros. Ele afirmou que em se tratando de internacionalização não há espaço para improvisos.

Além de abordar os aspectos técnicos, Nicola ressaltou a importância de conhecer a cultura dos países nos quais a empresa fará negócio. Citou, por exemplo, a diferença do perfil dos latinos em comparação aos executivos de origem anglo-saxônica. Enfatizou também a importância de aprender muitos idiomas.  

“As empresas que exportam geralmente são mais competitivas que as empresas que não exportam. Por isso é importante estar atento aos 4 p´s da internacionalização”, declarou o executivo.

“É uma alegria receber o Nicola aqui na Universidade. Ele também foi a minha inspiração para cursar Administração e Comércio Exterior. Hoje é um dia importante, porque além de trazê-lo como palestrante, ele é um dos principais influenciadores na área”, afirmou Patrícia Brecht Innarelli, coordenadora dos cursos de Administração e Comércio Exterior.

Ao final da programação, o público presente teve acesso aos exemplares do livro “O Exportador” por um preço promocional. Nicola autografou as obras dos estudantes que adquiriram.

 Confira as fotos 

 

 

Reportar Erros

X