Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Tudo começou no século dezenove...

Em 1889, alguns jovens, internos na residência de J. M. Lande, em Juiz de Fora, Minas Gerais, iniciavam seu preparo para a pregação. Um ano mais tarde, o Seminário d'O Granbery nascia, sendo reconhecido como Faculdade de Teologia algum tempo depois. No sul do país, no Porto Alegre College, uma escola bíblica passou a ser Faculdade de Teologia, que, em 1937, iria transferir-se para a cidade de Passo Fundo/RS.

Ampliou-se no século vinte...

O 3º Concílio Geral da Igreja Metodista (fevereiro de 1938), aprovou a união das duas instituições, formando uma única Faculdade de Teologia, cuja sede deveria ser em São Paulo. Entre 1940 e 1942, a Faculdade instalou-se no bairro de Vila Mariana, em São Paulo. Em junho de 1942, foi transferida para o local que ocupa até hoje.

Na década de 1950, a igreja nacional engajou-se em ampla campanha financeira com o fim de construir novos prédios. Para aliviar a igreja dos custos de manutenção, a Faculdade propôs a criação do Instituto Metodista de Ensino Superior (IMS), em 1970. Em 1997 a instituição foi transformada em Universidade Metodista de São Paulo (UMESP).

E dá os primeiros passos no século vinte e um...

O ano de 2001 é marca simbólica na contagem do tempo: a Faculdade de Teologia (FaTeo) conquistou o reconhecimento do Curso de Teologia pelo Ministério da Educação, avaliado com conceito máximo pela Comissão de Especialistas, tendo sido o segundo curso a ser reconhecido no Brasil e o primeiro com tal avaliação.

Essa perspectiva levou à ampliação dos espaços, em 2005, com a construção do Edifício Ômega. Esse local passa a integrar ensino e pesquisa, com novas salas de aula e uma moderna biblioteca, um anfiteatro com capacidade para 300 pessoas e um Cenáculo, reprodução do interior de uma igreja dos primeiros séculos da era cristã (Síria - Fenícia), espaço para oração e meditação no interregno dos trabalhos acadêmicos. Tudo isso valorizando a história e a tradição wesleyana, ilutradas por meio de quadros e murais que decoram o ambiente.

No século XXI a FaTeo continua a aperfeiçoar sua atuação, colocando sempre em primeiro lugar a vocação de servir a Igreja Metodista em todos os níveis bem como às demais igrejas cristãs e organismos afins.

Reportar Erros

X